Portal da Saude

Portal da Saúde
CHCF e CIAD participam em concurso de Cascatas de S. João
⌚ 07.06.2019
e ganham 1.º prémio e menção honrosa
O Centro Hospital Conde de Ferreira  (CHCF) e o Centro de Apoio Integrado à Deficiência (CIAD) concorreram no concurso concurso de Cascatas de S. João 2019, promovido pela Câmara Municipal do Porto.

O Centro de Apoio Integrado à Deficiência (CIAD), da Misericórdia do Porto, e antigo instituto S. Manuel, está a participar pela primeira vez, e recebeu ontem a menção honrosa na sua categoria. Vencedor, saiu o Centro Hospitar Conde de Ferreira, também na categoria de apoio a pessoas com necessidades especiais. 

A cascata do CHCF

Instalada na frente do Hospital a cascata de titulo - O S. João em Cartão, Reina como um Folião foi uma concepção do Serviço de Terapia, Oficina de Cartonagem, de Expressão Plástica, de Lavores e do Serviço de Instalações e Equipamentos. 
O conceito procurou manter a sustentabilidade tendo o cenário e as suas personagens sido construídas a partir da reutilização de materiais: Papel de revistas, jornais, caixas de cartão, rolos de cartão e desperdícios de tecido.
Para símbolos da cidade do Porto o CHCF não pode prescindir da Torre dos Clérigos, da Muralha Fernandina, do rio, dos barcos rebelos e das pontes. O Conde de Ferreira também não pode faltar, e tem presença assídua nas cascatas de S. João do CHCF. As sardinhas representam as festas populares do Santo.
 A cascata vencedora reflete uma comunidade em festa e esta reflete a comunidade  do Centro Hospitalar Conde de Ferreira.

A cascata do CIAD

Elaborada por mais de 50 pessoas entre os quais clientes auxiliares e técnicos, a iniciativa pretende promover e perpetuar a tradição popular de construção de cascatas em honra de do Santo padroeiro da cidade. Assim, a inspiração do CIAD remete ao fato de os utentes estarem a trabalhar a temática "as casas" e surge como uma simplificação da arquitetura da cidade, numa linguagem interpretativa do trabalho de cada cliente. 
A imagem de S. João, pretende destacar metaforicamente o lado tradicional através do stencil da toalha bordada e também a quadricula da renda e das casas de papel, são um reflexo dos exercícios de simetria e contagem trabalhados nas atividades deste nosso Centro de Apoio integrado à Deficiência. 

As representações estão expostas até fim de junho.
A utilização de cookies neste website tem como principal objetivo melhorar a sua experiência.
Ao clicar em qualquer link nesta página está a dar-nos a permissão para usar cookies.